19.8.08

Não basta ter talento. Tem de fazer contatos

Fui ingênuo ao imaginar que se deve fazer aquilo de que se gosta. Formei-me em Comunicação Social e estou inutilmente procurando um emprego há 14 meses. Raphael

Max Gehringer: A ingenuidade não está ligada à escolha do curso, Raphael, mas às informações prévias referentes ao mercado de trabalho. Você desembarcou num setor saturado, mas isso já não era novidade há cinco anos, quando você iniciou o curso. Embora não haja estatísticas disponíveis, eu chutaria que um em cada dez formandos de Comunicação Social consegue a vaga com a qual sonhava. Esse um é exatamente o que não ficou sonhando, e sim fez contatos proveitosos com profissionais da área, enquanto ainda estava na faculdade. Talento, competência e ambição constroem carreiras, mas é o networking que abre a porta.


Fonte: Nossa Carreira - Época 04/08/2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DICA: Para assinar o comentário sem uma conta no Blogger ou GOOGLE, é só selecionar a opção "Outro" e preencher o campo "Nome".